Click here to see the banner and the trailler of this campaign
May 24th, 2005
Amazon destruction:
six football fields a minute
Veja o poster e o trailler desta campanha
16.06.2005
Desmatamento leva Pânico ao Mato Grosso
18.05.2005
Índice de desmatamento da Amazônia é o segundo maior da história
divulgue para seus amigos
titulo_final_en.jpgtitulo_final.jpg width="500" height="840">
indicados_final_en.jpgindicados_final.jpg
Blairo Maggi - 10.348 votes (37,21%)
The Governor of Mato Grosso state, the absolute champion of Amazon deforestation, responsible for 48% of the total destruction in the region between 2003-2004. Considered the King of Soy, Maggi wants to be President of Brazil. He is the author of the celebrated phrase, "This business of forests does not have a future". And, if it depends on him, it certainly won't.

Luís Inácio Lula da Silva
- 7.314 votes (26,3%)
The very busy President of Brazil, he is ultimately responsible for Governmental actions and inertia. Although Lula had promised a sustainable development model for the Amazon, his administration still considers environmental protection a mere obstacle to economic development.

Simão Jatene - 6.018 votes (21,64%)
Governor of Para state, which is historically the runner up (second place) on deforestation, but winner in the categories of violence and murders in the field, slave labour, illegal occupation of land and activities of inherent mismanagement in the process of deforestation.

José Dirceu
- 1.528 votes (5,50%)
"Prime-minister" in the line of command of Lula's Government and, as the Chief of the Civil House, is the man pulling the strings. Coordinator of the uncoordinated "Action Plan for Prevention and Control of Deforestation in the Amazon" and and greatly responsible for the lack of its implementation.

Roberto Rodrigues - 1.506 votes (5,42%)
The Minister of Agriculture, who is also a soy farmer in Maranhão state. He is absolutely convinced that agribusiness will save Brazilian economy. He hesitates to recognize the relationship between deforestation and the advance of agribusiness in the Amazon.

Antônio Palocci - 1.093 votes (3,93%)
The Minister of the Treasury and owner of the treasury's key. He flatters agribusiness and applauds Brazil's positive trade balance while Governmental institutions and agencies concerned with environmental protection lack federal resources.


Total: 27.849 votes

Blairo Maggi - 10.348 votos (37,21%)
Governador do estado do Mato Grosso, campeão absoluto de desmatamento (48% do total destruído entre 2003-2004). Considerado o Rei da Soja, almeja sentar no trono em Brasília. Autor da célebre frase: "Esse negócio de floresta não tem o menor futuro". E, se depender dele, não terá mesmo.

Luís Inácio Lula da Silva
- 7.314 votos (26,3%)
Atarefado presidente da República, responsável final por ações e inações de governo. Apesar de prometer um modelo sustentável para a Amazônia, a proteção ao meio ambiente em seu governo ainda é considerada um mero obstáculo ao desenvolvimento econômico.

Simão Jatene - 6.018 votos (21,64%)

Governador do Pará, estado que é, historicamente, vice-líder em desmatamento, mas vencedor dos prêmios nas categorias: violência e assassinatos no campo, trabalho escravo, grilagem de terras e ações de desgoverno inerentes ao processo de desmatamento.

José Dirceu
- 1.528 votos (5,50%)
Primeiro ministro na linha de comando do governo Lula e chefe da Casa Civil. Coordenador do descoordenado "Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal" e grande responsável pela fragilidade política de sua implementação.

Roberto Rodrigues
- 1.506 votos (5,42%)
Ministro da Agricultura em Brasília e sojeiro no Maranhão, está absolutamente convencido de que o agronegócio é a salvação da lavoura. Vacila em reconhecer a relação entre desmatamento e o avanço do agronegócio.

Antônio Palocci
- 1.093 votos (3,93%)
Ministro da Fazenda e dono da chave do cofre. Rasga elogios ao agronegócio e aplaude os superávits nas exportações enquanto as instituições e órgãos de governos envolvidos com a proteção ambiental ficam à mingua de recursos federais.


Total: 27.849 votos

Política de Privacidade
Política de Representação