Precisamos agir contra as mudanças climáticas! Exija que o Governo Bolsonaro pare já com a destruição da Amazônia!

Numa segunda-feira à tarde, a cidade de São Paulo virou noite. E foi da escuridão que veio o recado claro: o que acontece na Amazônia não fica na Amazônia.

Depois de assombrar as cidades no Sul do país, a fumaça de floresta queimada desapareceu apenas de nossos olhos. Ela foi parar na atmosfera, alimentando o aquecimento global e desequilibrando ainda mais o clima do planeta.

Neste exato momento, grandes áreas de floresta continuam sendo derrubadas na Amazônia. A cada árvore que tomba, a crise climática ganha mais força.

Secas, tempestades, enchentes, ressacas e deslizamentos de terra já afetam – e matam – todos os dias milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Os cientistas alertam: a devastação da Amazônia deve ser interrompida imediatamente. Caso contrário, esses eventos extremos vão se tornar cada vez mais intensos e mais frequentes na nossa vida. Vivemos uma EMERGÊNCIA CLIMÁTICA.

O governo Bolsonaro precisa assumir sua responsabilidade e acordar para a urgência do problema.

As soluções são claras. E estão listadas abaixo em 10 medidas concretas para proteger a Amazônia e a nossa própria existência:

  1. Reverter o desmonte das políticas ambientais e garantir a capacidade do Estado brasileiro em combater os crimes ambientais

  2. Implementar políticas de combate e adaptação às mudanças climáticas

  3. Retomar a demarcação das Terras Indígenas e garantir os direitos constitucionais desses povos

  4. Preservar a biodiversidade com a criação e a implementação de áreas protegidas

  5. Impedir novos desmatamentos pelo agronegócio ou para a grilagem de terras; interromper a exploração de madeira e a mineração ilegais; e negar autorizações de queimadas, especialmente em áreas protegidas e terras indígenas

  6. Impedir a construção de novas hidrelétricas e a exploração de petróleo na Amazônia

  7. Garantir um processo de licenciamento ambiental efetivo para todos os projetos de infraestrutura, com o objetivo de proteger as pessoas e o meio ambiente

  8. Garantir a transparência das informações produzidas pelas instituições brasileiras, para controle social

  9. Restaurar a participação da sociedade nos processos políticos

  10. Garantir um ambiente seguro para ativistas e lideranças comunitárias no Brasil