Proteja os Oceanos

Proteja a casa das baleias

A casa da baleia-franca-austral está ameaçada pela pesca industrial. No oceano Atlântico Sul a falta de controle e regulamentação faz com que os navios possam praticar essa pesca destrutiva.

A pesca descontrolada também tira comida dos golfinhos, tubarões e elefantes-marinhos e os coloca em risco de acabar em redes de pesca, pois só no sudoeste do Atlântico, mais de 400 navios de pesca chegam a cada ano.

Vamos mostrar aos governos e empresas que não estamos brincando quando o assunto é proteção dos oceanos e que precisamos agir imediatamente.

Uma expedição pelos mares

O Greenpeace está fazendo uma jornada de um ano pelos oceanos. Saímos do Polo Norte em direção ao Polo Sul registrando belezas naturais e também mostrando as ameaças existentes. A região dos Corais da Amazônia é uma dessas paradas. Vamos mostrar aos governos e empresas que não estamos brincando quando o assunto é proteção dos oceanos e que precisamos agir imediatamente.

Fique do lado de quem defende os oceanos!

Sua assinatura pressionará para a criação do Tratado Global dos Oceanos, o primeiro passo para protegermos 30% dessas águas e garantir seu futuro seguro.
#ProtejaOsOceanos

*todos os campos são obrigatórios

Defenda os Corais da Amazônia!

Nosso navio está na Guiana Francesa para mais uma expedição em defesa dos Corais da Amazônia e dos seres que ali habitam.

Desde 2017 defendemos esse ecossistema da ganância de empresas que insistem em perfurar e buscar petróleo ali. Já impedimos que a Total fizesse isso com o apoio de mais de 2 milhões de pessoas.

Agora queremos ir além. A região dos Corais da Amazônia é uma das áreas prioritárias para serem defendidas se realmente queremos proteger os oceanos do planeta. Um derramamento de óleo seria uma notícia terrível para as espécies vulneráveis da região e para espécies migratórias, como baleias e tartarugas. Além disso, a exploração e queima de combustíveis fósseis, como o petróleo, são a principal causa das mudanças climáticas.

É por isso que precisamos de um Tratado Global dos Oceanos forte e que regule as atividades no alto-mar. Essa pode ser a nossa última oportunidade de fazer com que líderes globais aprovem o Tratado e evitem a perda da vida marinha para a ganância das petroleiras.

Uma expedição pelos mares

O Greenpeace está fazendo uma jornada de um ano pelos oceanos. Saímos do Polo Norte em direção ao Polo Sul registrando belezas naturais e também mostrando as ameaças existentes. A região dos Corais da Amazônia é uma dessas paradas. Vamos mostrar aos governos e empresas que não estamos brincando quando o assunto é proteção dos oceanos e que precisamos agir imediatamente.